Chico de estimação

Dori (Dorival Caymmi), pai do Chicão.

Ganhei um Lhasa Apso há menos de um mês,
E batizei-o de Chico Buarque, vulgo Chicão.
Que angústia sinto ao vê-lo rejeitar os presentinhos que lhe comprei:
O puff, que era pra ele dormir confortavelmente, só serve de parque de diversões
(vira kamikaze e o Chico fica rolando pela casa em voltas de 360 graus),
Porque ele prefere dormir no chão,
E não se importa que eu queira colocá-lo na caminha,
Saindo do macio e do quente quantas vezes eu insistir.
O meu cachorrinho não é meu namorado, muito menos o primeiro,
Mas age como os meus ex, sem a menor sensibilidade do Lirista,
Fazendo pouco caso dos meus singelos cuidados.


Graziele Alencar


Achou estranho?
Ou acha que já leu algo parecido, mas não lembra onde?


Porquinho-da-Índia

Quando eu tinha seis anos
Ganhei um porquinho-da-índia.
Que dor de coração eu tinha
Porque o bichinho só queria estar debaixo do fogão!
Levava ele pra sala
Pra os lugares mais bonitos, mais limpinhos,
Ele não se importava:
Queria era estar debaixo do fogão.
Não fazia caso nenhum das minhas ternurinhas...
- O meu porquinho-da-índia foi a minha primeira namorada.


Manuel Bandeira

Ganhei 20 margaridas!

FINA FLOR disse...

me lembrou um episódio do sex and the city, rsrsrs*

acontece, querida!!

beijocas

MM.

ps: nem preciso dizer que o sumiço é por conta do Sol na Boca, né? Viu as fotos? Dia 28/05 é o último dia da temporada.

Juliana Caribé disse...

É difícil, mas a nossa paz só vem no momento em que começamos a aceitar... Cada um é o que é.

Beijos.

Graziele Alencar disse...

O Túlio, meu amigo músico, que é o "pai" do Dori, me disse assim:

"muito bom, seu cão e o texto. não é chiquinho, é chicão. e chicões não se deixam conquistar assim fácil, não. não sei seus ex-namorados, mas o chicão é difícil, no começo só. você vai ver. e entendê-lo! bjoca.
p.s: põe a foto do pai orgulhoso dele."

Como minha máquina fotográfica está no conserto de novo, ainda não pude tirar fotos do meu bebê. Então, eu pedi pra colocar uma foto do Dori.
E avisei ao Túlio que o texto tinha um pouco de exagero (menos em relação ao Chicão), senão não teria graça...

Camilinha disse...

tem vida própria? então esquece... igualzinho amor de gente: adianta não, querida, só vem quando ele quer, só vai quando a gente não quer...


beijos daqui...

Jacinta disse...

Acho bonito o seu jeito de se comunicar com o texto de Manoel Bandeira. Para mim, é como o estabelecimento do vínculo entre leitor e escritor. E vc vai além, entra na intimidade da letra. Muito bonito isso. Eu gosto.
E, primeiro namorado ou não, a gente parece querer moldar o outro à nossa imagem e semelhança. Mas, porquinho e cachorrinho terão sempre o seu jeito de ser porquinho e cachorrinho.
Beijos

Tâmara disse...

Esses é um dos motivos pra eu ter escolhido o nome do meu Dog de Chico.

Gjos, lindona!!!

Daniel disse...

Manuel bandeira é tudo de bom! Seu cachorrinho é um insensível mesmo rsrsrs. Quanto ao ex... É um otário. Bjus e boa semana.

http://so-pensando.blogspot.com

F. S. Júnior disse...

sou Francisco também, por consequência, Chico =P
engraçado, enquanto eu estava aqui, você estava a comentar lá no gamella...

Jana disse...

Ahh guria, bicho é estranho, minha Yorki, toda vez que faz coco, corre a casa inteira rsrsrs

beijo

Tatá Ninômia disse...

Apesar do (aparente) pouco caso, esses bichichos nos surpreendem quando menos esperamos (de forma positiva!).

Depois nos perguntamos como conseguimos viver sem eles.

Com certeza dão cor à vida.

Fofíssimo, o Chicão!

Bjão.

Renata disse...

Eu adorei o fato de vc dar o nome de Chico pro cãozinho! Achei muito original!
Beijo.

Tatá Ninômia disse...

Claro, eu disse que o Chicão é fofíssimo só de ver o pai dele. Essa raça é fofa demais.

[hehehehe...]

Bjão

Graziele Alencar disse...

Tatá,
O Chicão é muito parecido com o Dori, mas seu pêlo ainda está menor que o do pai.
Lindo da mamãe! rssss

Tâmara,
Você tem um cachorrinho que é xará do meu? É isto? Que lindo! rsss

Júnior,
Meu avô é o único Francisco que conheço que não é Chico!
Coincidência a gente visitar um ao outro na mesma hora, né?

Camilinha,
Você tem toda razão!

Jana,
Quase morro de ri quando li seu comentário! kkkkkkkk
É muito figura a sua York!

Beijos e obrigada a todos!

Lily disse...

ahhh q lindoooo!
que boa idéia dar o nome de Chico!
mas meu próximo cachorro se chamará Elvis Presley! rsrs

bjksss

Zek disse...

Me lembrei do meu cachorro ( o mais folgado do mundo) e dizem que todas as coisas se parecem com seus donos né ?! pois acho que eu e o max somo bem parecidos, até pelo fato de não abandonar quem realmente amamos.
Bjs

Tâmara disse...

Querida, tem presentinho pra voce la em casa....

Bjo grande!

Thito disse...

O texto é legal. Os comentários, ótimos. Só queria mesmo conhecer o Chico pra matar a curiosidade.
Hehehehe.

Tô de volta as leituras.
Beijos

Daniel disse...

Oi. Passando aqui pra convidar vc a freguentar além do Só Pensando, esse espaço aqui:

http://poetasreunidos.blogspot.com/

Bjus.

http://so-pensando.blogspot.com

O Profeta disse...

Teus olhos são sóis adormecidos
Perdidos no profundo da noite
Luzeiros na procura da aurora
Que viajam sem rumo ou norte

Procuram a ironia do tempo
Os gritos que um rosto apregoa
Uma taça de ouro frio
O tempo que uma alma magoa


Boa semana


Doce beijo

Cafajeste disse...

Era só ligar o forno.. queria ver se esse porquinho ia ficar lá novamente.. ;)

hehehhee

Quanto ao cão.. Chico Buarque.. o mesmo nome do cachorrinho da minha ex... Não sei de onde... mas... (prepare-se).. detesto a figura do "Chico Buraco da Holanda"..

¬¬

Por favor, não me bata.. hehehe

Beijos.